O espírita e a morte da cantora inglesa Amy Winehouse

Vi pela televisão a notícia da morte da cantora inglesa Amy Winehouse.

Diz a polícia que está investigando, mas levantam a hipótese de overdose. O álcool e as drogas em geral são motivos de tortura para o Espírito, pois ele sofre um bocado em conseqüência de seus vícios.
Em pesquisa realizada sobre os motivos que leva alguém a se matar o álcool tem papel de destaque. E não é por suicídio inconsciente não, é suicídio direto mesmo. O álcool além de aproximar o cidadão de influências espirituais perniciosas proporciona um curto circuito no indivíduo que, não raro, acaba se matando de forma abrupta ou em doses homeopáticas ,ou seja, de caninha em caninha.

Mas não quero falar aqui dos vícios da cantora. Pobre coitada, devia sofrer muito e desencarnada então deve estar em situação nada feliz.
Direcionaremos, portanto, os comentários para a falta de educação de algumas pessoas quando ocorrem fatos deste naipe envolvendo gente famosa ou nem tanto.Os exaltados e precipitados logo taxam: Drogada! Bem feito! O mundo não perdeu nada!

O cristão não deve agir assim, pois é faltar com o mais elementar exercício de caridade.

O pior é que grande parte das pessoas que estão conectadas aos acontecimentos se arvoram em taxar e julgar o comportamento do famoso ou até do anônimo que se foi. Da língua quase ninguém escapa. Como se o cantor, artista ou jogador não fosse um Espírito em estágio evolutivo.

Essas figuras que aparecem na televisão e são denominadas de ícones ou ídolos são, em realidade, nossos irmãos que merecem nessas horas ou a prudência de nosso calar ou, orações, a fim de que suas dores possam ser ao menos diluídas.
No entanto, como já citamos, observamos comentários mal educados provindos de gente que se diz cristã.
Lamentável!

Esses comentários maldosos, conforme já dissemos, advém da falta de caridade.
E sendo a caridade uma bandeira defendida por Kardec o espírita deve esforçar-se por praticá-la em sua mais ampla acepção.

No caso da cantora inglesa, o que seria, então, caridade?
Orar por ela, ou, ao menos, calar-se para não emitir pensamentos destrutivos em direção à alguém que já se destruiu o suficiente.
Percebe-se ai que o espírita tem o dever de lutar contra suas tendências de fofocar e mal dizer a vida alheia.
Se ela morreu por overdose. Oremos ou calemos.
Os mais conscientes irão orar.
Os indiferentes se calar.
Os maldosos fofocar.

Em qual desses quesitos nos encaixamos?

Quando Jesus disse vigiar certamente Ele também se referia ao vigiar o que dizemos em frente à televisão, comentamos com os amigos ou postamos na rede mundial de computadores.
Pensemos nisso.

Wellington Balbo (Bauru – SP)

Anúncios

Sobre Fábio Duarte

@FabioDuarte_BH
Esse post foi publicado em Artigos Diversos. Bookmark o link permanente.

6 respostas para O espírita e a morte da cantora inglesa Amy Winehouse

  1. Nanzitos disse:

    Concordo com isso das fofocas. Mas nao sei o quao melhor vc é em “alfinetar” outras condutas. Como vc bem disse, todos estão em volução. E não é pq vc se classifica espirita ou cristão ou budista, vc terá conduta em vista de um mundo melhor. E nao tá errado. “Compreender as pessoas, dentro dos limites delas, é um sinal de sabedoria.” Td bem, vc falar da Amy e etc, blz. Dai usar isso como motivo para criticar coisas que são necessarios, acho que no fim deu um belo post hipocrita.

  2. Laura disse:

    Certa vez, ironizei o goleiro Bruno associando-o a uma imagem jocosa da internet. Um grande amigo meu, espírita, me trouxe a realidade quando disse que esses espíritos estão sofrendo muito e que não devemos (como espíritas) julgá-los. Aprendi a lição.

  3. Assunto da mais alta relevância.
    Onde esta Amy Winehouse? Como esta Amy Winehouse?
    Uma pessoa que não serve de exemplo para ninguém, alem do mais espirita não é perfeito é apenas alguém que esta a caminho, a maioria esta apenas sentada no caminho.
    Fazer analise critic da conduta deste ou daquele não é julgar, querem que o espirita tenha atitudes seraficas.
    Talvez na próxima eu venha mais evoluido como você.

  4. cecilia mara disse:

    Fico triste em perceber que as pessoas não entenderam o que o amigo quis passar com a a narrativa.mas deixe passar, pois cada um tem o seu grau de crescimento, fique com Deus e um grande abraço.

  5. Regina disse:

    Entendi o que nosso irmão quis dizer, concordo perfeitamente com ele, mesmo não tendo seu grau de evolução.
    O espiritismo ´muito lindo, umas das religiões na qual mais me indentifiquei.
    Procuro sempre aprender e entender os mais evoluidos, aprendi a não criticar ninguém, não temos esse direito, ninguém é perfeito nesse mundo, a cantora realmente devia estar sofrendo muito! sabe se Deus seus motivos para desgraça do vicio, quem sabe não era um carma de passado.

  6. Maria Amélia disse:

    Era um ser humano com todos os defeitos a ele inerentes mas também tinha virtudes. Só um bom coração se deixa corromper e se lhe faltar apoio … A sociedade toda é culpada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s