As religiões evoluem do ontem trevoso para o amanhã luminoso

A evolução é uma rotina na vida dos espíritos. Nós somos espíritos encarnados ou desencarnados. E, por mais que valorizemos os nossos corpos, e devemos fazer isso, pois eles são matérias vivas sagradas, eles são mortais, vindos do pó e retornando ao pó, pelo que não significam nada diante dos espíritos imortais. Mas por 2.000 anos, parte do cristianismo enveredou para a matéria, ensinando que a ressurreição é do corpo, da carne, quando, pela Bíblia, ela é do espírito. “A carne para nada aproveita” (João 6:63; e mais: 1 Coríntios 15:44; 15:50; Mateus 22:30; Marcos 12:25; e Eclesiastes 12:7). Isso, além de errado, é uma exaltação da matéria, quando a Bíblia engrandece o espírito. Mas não vamos condenar ninguém, pois, isso é fruto da ignorância dos teólogos do passado, que não entendiam bem a mensagem bíblica. Por exemplo: confundiram as materializações do Espírito de Jesus com o seu próprio corpo morto na cruz, concluindo desse erro outro gravíssimo, ou seja, que a sua ressurreição era do corpo, da carne.
E como não poderia deixar de ser, já naqueles tempos antigos, os teólogos e biblistas mais entendidos das mensagens do Nazareno foram contra esse erro. Por isso a ala oficial da Igreja, com o apoio do poder civil, transformou essa doutrina em mais um dos dogmas cristãos citados no Credo, nas missas, o que acabou transformando essa doutrina numa espécie de lavagem cerebral, que até a levou para o inconsciente coletivo dos cristãos. E os teólogos ensinavam que só a sua Igreja salvava, numa atitude, que, por si só, demonstra o quanto era aflorado o seu ego e o quanto eles eram arrogantes. Hoje, eles estão conscientes desse grande erro, pelo que se corrigiram. Outra coisa que pregavam é que quem não fosse à missa aos domingos cometia pecado mortal. Ainda erravam também quando eles ensinavam que a criança que morresse sem o batismo, iria para um lugar chamado limbo, doutrina essa criada por santo Agostinho. Poderia eu continuar enumerando aqui vários outros erros dos teólogos antigos, mas meu objetivo é o de dizer apenas a verdade, qual seja a de que os teólogos do passado, por ignorância, e embora fosse de boa fé, cometeram realmente muitos erros, mas não me interessa difamá-los e a nenhuma Igreja.


E, hoje, os teólogos mais estudiosos e cultos têm ciência de muitos outros erros doutrinários, mas por estarem eles presos às autoridades de suas igrejas, profissionalmente e por outros fatores de sua conveniência, por enquanto a maioria ainda fica em silêncio.
Mas com a evolução cultural que acontece em todo o mundo, essas doutrinas erradas estão caindo num total esvaziamento, com uns fazendo de conta que creem nelas, e outros lhes são indiferentes, por não lhes interessar se as doutrinas de sua religião são certas ou erradas, já que se ligam mais às coisas profanas deste mundo. Por esses fatos, o cristianismo e, principalmente a Igreja Católica, estão seriamente prejudicados. Por que estão sendo fechadas tantas igrejas no Primeiro Mundo? E muitos cristãos estão se tornando pessoas sem religião, e o pior, até materialistas.
Temos que nos desvencilhar do cristianismo mitológico e trevoso dos teólogos antigos, e abraçar o verdadeiro, bíblico e luminoso das primeiras gerações cristãs, que está ressurgindo, hoje, e que, no futuro, ainda ressurgirá com mais vigor, como consequência da jornada evolutiva sem fim do espírito imortal!

 

José Chaves Reis

http://www.otempo.com.br/otempo/colunas/?IdColunaEdicao=16890

Anúncios

Sobre Fábio Duarte

@FabioDuarte_BH
Esse post foi publicado em Artigos Diversos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para As religiões evoluem do ontem trevoso para o amanhã luminoso

  1. Com absoluta certeza suas afirmações. Nós temos obrigação de procurar, pesquisar, e encontrar as respostas para nossas dúvidas, e não ficarmos paralizados na comodidade de que os outros estão nos escrevendo, pregando sejam na realidade a verdade. Por isso tantas formas de Religiões, tantos dogmas que não é permitido discutir, e o ser humano fica acreditando em assuntos que comprovadamente não foram e não são reais. O Homem ter que ater-se, em quem seja, para que estar neste plano( sua finalidade) e depois de morrer? O que irá lhe ocorrer? Isto sem que venham lhe impor essa ou aquela linha de pensamento quer seja por meio de crenças, ou Religiões criadas pelos Homens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s