Existe vida após a vida….

Sem dúvida que há. A certeza de uma vida continuada após esta que estamos no atual momento é de certa forma o inicio para uma vida bem mais longa e duradoura. Conforme a corrente filosófica ou religiosa que sigamos. Os caminhos são dos mais diversos, peguemos como exemplo a corrente cristã, mais comum em nosso meio, que tirando os vários entendimentos presentes na linha citada podemos enumerar a que divulga a ida ao Inferno ou ao Céu. Mesmo sendo algo injusto quando analisamos friamente é o que muitos crêem.

 

Segundo as últimas estatísticas a idéia da preexistência através de uma nova vida em Espírito consciente está sendo largamente divulgada e aceita independente das correntes cristãs que se segue.

A idéia reencarnacionista está tomando corpo e tendo cada vez mais credibilidade, inclusive por carregar consigo uma racionalidade bem fundamentada. Inúmeros exemplos catalogados pela ciência moderna acerca de lembranças de outrora, sem contar que a população atual não se rende mais a fabulas antigas que tentam explicar acontecimentos tidos como “sobrenaturais”, peguemos por exemplo a Bíblia, que tida como um livro sagrado e sugerido como a “palavra de deus”, nada mais é que relatos históricos e contraditórios. Allan Kardec se apropria dos temas morais contidos nela para ilustrar várias questões das obras Espíritas, sem revogar claro a importância deste livro que influência e ampara milhões de pessoas todos os dias mundo a fora. Só que ao lermos fica fácil constatar que Deus nosso Pai, Deus Criador, que é infinitamente Justo, Infinitamente Bom, não poderia inspirar intolerância, racismo e preconceito em seu livro. Com o advento do Novo Testamento que trás consigo a Boa Nova de Jesus e tantos outros bons exemplos de como proceder, ainda percebemos um ranço cultural que influencia e demonstra se tratar de uma obra humana e não divina.

Pois bem, voltando ao tema do texto, vemos na Bíblia Jesus afirmando que “Meu reino não é deste mundo; é nele, e não sobre a Terra, que recebereis a recompensa das vossas boas obras.”¹, deixa claro a todos que o que aqui plantamos será colhido em outro local, e que seguindo uma vida reta, sempre pensando no próximo, e no bem coletivo teremos momentos de alegria neste “Reino”.

                                                                                                                                                                                                                                                              ¹(JOÃO, cap. XVIII, 33-37).

O Espiritismo não desmente tal afirmativa de Jesus, apenas a interpreta de outra maneira, aos que crêem ser possível gozar de eterna felicidade ou eterno suplício tendo para isto uma única chance. Uma única vida. Citando também outra passagem bíblica onde Jesus diz a Nicodemos:

“Na verdade, na verdade te digo que não pode ver o Reino de Deus, senão aquele que renascer de novo. Nicodemos lhe disse: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura pode entrar no ventre de sua mãe e nascer outra vez? Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que quem não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é Espírito. Não te maravilhes de eu te dizer que importa-vos nascer de novo. O Espírito sopra onde quer, e tu ouves a sua voz, mas não sabes de onde ele vem, nem para onde vai. Assim é todo aquele que é nascido do Espírito. Perguntou Nicodemos: Como se pode fazer isto? Respondeu Jesus: Tu és mestre em Israel, e não sabes estas coisas? Em verdade, em verdade te digo, que nós dizemos o que sabemos, e damos testemunho do que vimos, e vós, com tudo isso, não recebeis o nosso testemunho. Se quando eu vos tenho falado das coisas terrenas, ainda assim não me credes, como creríeis, se eu vos falasse das celestiais?”                                                                                                    (JOÃO, III: 1-12)

 

Vejam que Jesus deixa claro a Nicodemos que além da carne somos dotados de um Espírito, e é este que preexistirá e colherá todos os méritos de nosso esforço enquanto encarnado. Jesus deixou todo um legado de bons exemplos e sabedor de nossa dificuldade em agir como ele, nós renova as oportunidades de melhora continua e progressiva.

“A reencarnação fazia parte dos dogmas judeus, sob o nome de ressurreição. Somente os saduceus, que pensavam que tudo acabava com a morte, não acreditavam nela. As idéias dos judeus sobre essa questão, como sobre muitas outras, não estavam claramente definidas, porque só tinham noções vagas e incompletas sobre a alma e sua ligação com o corpo. Eles acreditavam que um homem podia reviver, sem terem uma idéia precisa da maneira porque isso se daria, e designavam pela palavra ressurreição o que o Espiritismo chama, mais justamente, de reencarnação.”(Evangelho Segundo o Espiritismo – Cp IV)

 

A idéia de reencarnação está inserida na humanidade bem antes da vinda de Cristo, citamos acima a respeito dos Judeus, mas temos também os Budistas e os Hinduístas, é fato que são teorias ainda nos dias atuais incompleta devido ao tempo de sua concepção, e não foram “atualizadas” com o desenvolver da humanidade, mas o mais belo é que no campo moral todas as filosofias e doutrinas carregam consigo uma unicidade de respeito ao próximo, e isto que nos importa, mais importante até do que crer na reencarnação é Amar ao próximo como recomenda os grandes missionários do passado, fazendo isto estamos construindo nossa estrada futura com menos obstáculos, Deus não nos deus apenas um caminho para chegar até ele, mas a singularidade da mensagem de amor é universal.

O Espiritismo ao demonstrar a reencarnação através de uma filosofia bem pautada e documentada nos permite vislumbrar novos horizontes acerca de nossa existência. Os caminhos dos filhos de Deus são constantemente cruzadas e graças ao livre arbítrio que nos é concedido onde nos é permitido nos equivocar enquanto ainda estamos perdidos na ignorância do saber o que é melhor para nós, vamos evoluindo e progredindo, ou como disse Allan Kardec: “NASCER, MORRER, RENASCER AINDA E PROGREDIR SEMPRE – TAL É A LEI”. Uma existência é muito pouco para que tenhamos consciência de nossos acertos e erros, quem aqui está desprovido de egoísmo e orgulho? Mas basta olharmos para a humanidade de outros tempos e vermos que muito melhoramos, o quanto temos progredido e entendendo nosso próximo em várias situações. Consciências globais estão nos levando a pensar e repensar nossas atitudes em relação ao próximo, aos animais, ao planeta.

Até o conhecimento que sempre foi restrito hoje está aberto a todos, a internet é um campo disseminador que une os povos, que liberta outros, que faz com que sejamos ouvidos em nossos menores sentimentos aprisionados. Revoluções silenciosas são travadas e nações sucumbem ao simples clamor de várias almas com objetivos comuns. O conhecimento estando tão acessível como agora, permite que as pessoas passem a saber o que é Reencarnação, explicando sem as alegorias épicas.

O livro dos Espíritos que é a reunião de vários ditados de Espíritos sábios, foi reunido por Allan Kardec nesta obra, descortinando o véu de nossa ignorância a respeito deste assunto, leia, e caso tenha dúvida nos interrogue, será sempre um prazer conversar com todos sobre este maravilhoso assunto.

Anúncios

Sobre Fábio Duarte

@FabioDuarte_BH
Esse post foi publicado em Artigos Fábio Duarte. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Existe vida após a vida….

  1. daiana terra disse:

    adorei este site!
    eu gostaria de ter mais esclarescimentos sobre a pos morte de uma criança,de um bebe…o que acontece com ele?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s