Penas por minhocas!

Conta-nos uma lenda que, numa manhã ensolarada, dois sabiás sobrevoavam com alarido um frondoso bosque. O sabiá-mãe falava ternamente com o seu filhote, ressaltando o fato maravilhoso de uma ave alada poder voar a elevadas alturas.

Todavia, o pequerrucho, em sua inexperiência, não escutava com atenção as explicações de sua mãe, uma vez que procurava ouvir o tilintar de uma campainha, que chegava aos seus ouvidos, provindo de um florido campo.

O pássaro, curioso, pousou, então na relva, junto a uma vereda onde descobriu a origem do sonido que tanto atraia. Era produzido por uma sineta de um carrinho de mão conduzido por um anãozinho que apregoava a sua mercadoria:

Vendo minhocas! Duas minhocas por uma pena!

O pequeno sabiá gostava muito de minhocas e sem nenhuma reflexão mais detida, tratou logo de arrancar uma pena de suas asas e a trocou, por duas minhocas.

No dia seguinte, o pássaro aguardou ansioso, o sonido da sineta e novamente voltou a realizar a estranha transação, evento que se repetiu por varias vezes. Mas chegou o momento em que o pequeno sabiá bateu as suas asas tentando alçar vôo, para retornar ao seu ninho, mas não conseguiu, estava preso a terra e condenado a arrastar-se ao invés de voar!

Havia trocado sua liberdade por um punhado de minhocas.

Marina Sanches

***

Há muitas coisas neste mundo que nos atraem e seduzem.

Quantas pessoas já trocaram “suas penas” e sua liberdade pela droga…

Anúncios
Esse post foi publicado em Mensagens (Ensinamentos). Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s