Chico muito além do Espiritismo ?

Cidades em que nasceu e viveu Chico Xavier cultuam sua trajetória

Pedro Leopoldo e Uberaba – A primeira, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é a cidade natal; a segunda, no Triângulo Mineiro, é adotada. Chico Xavier nasceu em Pedro Leopoldo, onde morou até os 49 anos; depois, partiu para Uberaba e lá ficou até morrer, aos 92 anos. Foi nos dois municípios que Francisco Cândido Xavier praticou seus 75 anos de mediunidade, deixou a marca de sua obra espiritual e assistencial e as lembranças de uma trajetória cheia de fé, admiração e respeito. “Pedro Leopoldo foi o berço natal e Uberaba o berço que o acolheu”, explica o filho de criação do médium Eurípedes Humberto Higino dos Reis, que cuida do legado de Chico em Uberaba. “Ele dizia que Pedro Leopoldo era a mãe e Uberaba, a tia”, revela o curador da Casa de Chico Xavier em Pedro Leopoldo, Hélcio Marques.

A Casa de Chico Xavier está instalada onde ele morou. Ela abriga exemplares em diversos idiomas dos mais de 400 livros psicografados pelo médium e das 170 obras que versam sobre ele, além de reportagens de jornais, revistas e em fitas de vídeo. Além desse espaço, Pedro Leopoldo tem o Centro Espírita São Luiz Gonzaga, erguido no local onde era a casa em que Chico nasceu, em 1910. Uma das principais praças da cidade, desde 1980, recebeu o nome do médium.

A Fundação Cultural Chico Xavier está encarregada da construção do Memorial Chico Xavier, no Açude do Capão, local em que, em 1931, o médium viu, pela primeira vez, seu benfeitor espiritual, Emmanuel. Cada local ligado à história de Chico Xavier representa uma etapa dos Caminhos da Luz, marcados por placas indicativas. Estão incluídas a Fábrica de Tecidos Cachoeira Grande e a Fazenda Modelo, onde ele trabalhou, e a Mostra Permanente Chico Xavier, com parte do acervo recolhido pelo pesquisador Geraldo Leão, que integram o Arquivo Público Municipal de Pedro Leopoldo.

Em Uberaba, há o Museu Chico Xavier, instalado na casa do médium e em fase de ampliação. Lá estão o quarto onde ele dormia – o Recanto do Chico –, preservado como no dia em que desencarnou, em 2002, a mesa em que ele psicografava e a coleção dos bonés que eram sua marca registrada. Podem ser vistos também suas obras, material sobre ele e um amplo acervo de fotografias e de informações sobre sua trajetória.

CASA DA PRECE O Grupo Espírita da Prece continua realizando cultos aos sábados no local que ficou conhecido popularmente como Casa da Prece. Era lá que Chico, às sextas-feiras e aos sábados, recebia mais de 500 pessoas. Eurípedes dos Reis conta que ele começava a atender às 14h e ia até as 5h do dia seguinte.

Por iniciativa da Prefeitura de Uberaba e de outras instituições locais, foi criado o Instituto Chico Xavier, com o objetivo de construir um memorial que contará com biblioteca, sala de vídeo, galeria e auditório, em 1,3 mil metros quadrados de área construída. A obra está em andamento. O instituto pretende recolher e reunir em um só local mensagens, cartas e imagens, além de todo o acervo já disponível. O material impresso sobre o memorial preconiza: “Chico Xavier é mundial, um antagonismo entre o tamanho de sua fama e sua simplicidade. O memorial será universal, tal qual o seu exemplo”. Os espaços de Uberaba e de Pedro Leopoldo deverão estar prontos para as comemorações do centenário de nascimento de Chico, no próximo ano.

Tanto em Pedro Leopoldo quanto em Uberaba, a obra assistencial do médium continuou depois de sua morte. Na terra natal, o Centro Espírita Luiz Gonzaga, fundado por Chico em 1950, mantém a sopa fraterna Maria João de Deus (nome da mãe do médium), que alimenta cerca de 300 pessoas todos os sábados, além de fornecer enxovais para bebês. E a Casa de Chico Xavier distribui 200 cestas básicas por mês e atende 150 famílias por semana ofertando pão e leite.

ENCONTRO Em Uberaba, o Refeitório Amigos Anônimos fornece jantar a cerca de 1 mil pessoas todas as quintas-feiras e o Assistencial Chico Xavier distribui cestas básicas, pão, leite e enxovais a outras 800, aos sábados. O assistencial dispõe ainda de gabinetes médico e dentário para atendimento gratuito. “Chico dizia que não era somente matar a fome, porque os bons espíritos faziam tratamentos naquelas filas. A doação era o chamarisco para que as pessoas recebessem tratamento espiritual”, conta Eurípedes dos Reis. Segundo o filho adotivo do médium, apareciam até pessoas que não eram carentes, mas “vinham buscar os donativos porque queriam pegar na mão dele”.

A capacidade de atrair gente que Chico demonstrou em vida continuou depois da desencarnação. “O povo ficava em cima dele. A necessidade de misericórdia era muito grande”, avalia Hélcio Marques. A Casa de Chico Xavier, em Pedro Leopoldo, inaugurada há três anos, já recebeu 37 mil visitantes, a maioria de outras cidades e estados e em torno de 5% do exterior. E o Culto do Evangelho, realizado no local aos domingos, tem sempre a presença de 150 pessoas, em um espaço adequado para receber 60.

O túmulo de Chico Xavier, no Cemitério Municipal São João Batista, em Uberaba, é um dos mais visitados. No mausoléu está uma estátua em bronze do médium em sua pose, ao psicografar, e exemplares de seus livros, entre eles, o primeiro (Parnaso do além túmulo) e o mais vendido (Nosso lar).

Entre 18 e 20 de abril, mês do aniversário de nascimento do médium, será realizado, em Pedro Leopoldo, o 2o Encontro Nacional Amigos de Chico Xavier, com expectativa de 3,5 mil participantes. Ao primeiro encontro, no ano passado, em Uberaba, compareceram 2,5 mil pessoas.

Fonte: Estado de Minas

Repercussão desta notícia na Comunidade Espiritismo Estudo e dúvidas .

Anúncios

Sobre Fábio Duarte

@FabioDuarte_BH
Esse post foi publicado em Notícias e comentários e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s